Bloco do Beco 2011

Enredo: O Beco Canta Mamão

Autores: Marcinho Itaboray e Rodrigo Barbosa

Pode parar a bateria
Silenciar o Tamborim
Ninguém vai calar meu samba, não
Se você ficar perto de mim

Você que me ensina poesia
Você que inventou o carnaval
Você que escolhe a fantasia
Sou eu que vou atrás do seu sinal

O Beco só desfila por você
O Beco se enfeita pra te ver
O Beco só quer mesmo lhe dizer
Sem você eu não tenho porque

Mamão
Você que se revela na avenida
Que cura com seu canto a dor da vida
Você que sabe mesmo quem é quem

É hoje
Que o Beco vem pra contar
Pra sorrir e cantar
Sem você meu Mamão eu não sou ninguém

Vai manter a tradição
Vai meu Beco querido
Eu sou Mamão

Pode parar a bateria