Carnaval 1966

Juiz de Fora realizou o primeiro desfile competitivo das Escolas de Samba no ano de 1966. Na sua primeira edição, três Escolas concorreram ao título: Feliz Lembrança, Turunas do Riachuelo e Castelo de Ouro. Além das Escolas, o bloco Bom das Bocas da cidade de Três Rios – RJ, foi convidado a participar dos desfiles. A novidade tomou conta da cidade, e no dia 26 de janeiro a imprensa já anunciava, com grande entusiamos, a chegada do carnaval. Veja o que noticiou o jornal Gazeta Comercial:

“As Escolas de Samba Turnas do Riachuelo, Castelo de Ouro, estão ensaiando com afinco, com vistas ao carnaval desse ano.Os desfiles das escolas, como tem sido amplamente noticiado, será no domingo, na avenida Barão do Rio Branco, com início previsto para 19 horas. Por outro lado, a Escola de Samba Feliz Lembrança, que desfilará com o enredo Mascarada Veneziana, continua ensaiando no pavilhão Bernard Mascarenhas pabiicamente. A presença ao ensaio da Feliz Lembrança tem sido das maiores”

Lord Pierrot, em sua coluna social no Gazeta Comercial também enfatiza os desfiles das Escolas:

“E as Escolas de Samba. Parecem mais animadas que o ano passado. Vamos fazer carnaval de rua e deixarmos esta turma babando e falar que é mentira esse negócio de que o carnaval de rua acabou. O negócio é mandar brasa, e se esbaldar e mostrar o samba. Avante Foliões”

A uma semana do carnaval, a equipe do Gazeta Comercial voltou aos ensaios das Escolas e relatou o seguinte:

“Nossa reportagem esteve ontem no Clube Ginásio acompanhando também o ensaio da Escola de Samba Turunas do Riachuelo, em seus preparativos para o Carnaval externo deste ano, que muito promete. A escola enfatiza a bateria, mais uma vez, tendo ensaiado todos os dias há quase um mês. A escola já ensaio na rua, para poderem os passistas melhor se evoluírem em busca dos passos necessários, para quando do desfile.”

Mas o carnaval de 1996 não foi completo. Naquele ano a população de Juiz de Fora sentiu a falta de Jairo, figura marcante da Turnas do Riachuelo e do carnaval da cidade:

“O público juizforano até à vespera do carnaval, lembrava com grande pesar o desaparecimento de Jairo o mais tradicional membro do turunas do Riachuelo pois vestindo sempre a Baiana constituía na principal figura da Escola de Samba do Largo do Riachuelo”

E as previsões da imprensa se confirmaram. A Turunas e Feliz fizeram desfiles impecáveis, como relata o jornalista José Henrique de Carvalho:

“Os dirigentes da campionissima Turnas do Riachuelo de tudo fizeram para manter a egemonia do carnaval de Juiz de Fora e diga-se que não conseguiram e porque sua tradicional rival também se esmerou na apresentação. No entanto como é uma comissão das mais esclarecidas que executou o julgamento que conhecemos na manhã de hoje pode haver um empate ou mesmo vitória da turma do Riachuelo, pois sua bateria como corpo de bailado, alas, côro, carro alegórico confeccionado dentro do mais apurado gosto artístico homenageando o grande poeta e escritor Belmiro Braga e ainda pela grande surpresa que nos apresentou, no lugar de Jairo o fabuloso José Garcia que cativou não só a comissão como assistência que delirava com suas evoluções. A simpática agremiação carnavalesca da Avenida 7 de Setembro “Feliz Lembrança” este ano apresentou-se de maneira auspiciosa enredando a Mascarada Veneziana, com samba, Barcarola e Tarantela, na música, na indumentária Pierrot, Arlequim e Colombina, seu estandarte, sua salas e seu côro, seu carro alegórico trazendo uma gondola com Leonor Dama de veneza e seu amado, arrancando entusiásticos aplausos dos espectadores que superlotava a avenida, lhe antecipando a vitória que será logo mais confirmada.”

E Mascarada Veneziana foi a grata surpresa do carnaval de 66, conquistando o primeiro título oficial do carnaval de Juiz Fora. Veja o que diz a notícia do dia da apuração:

“A Escola de Samba Feliz Lembrança foi a vencedora do desfile de escolas no domingo de carnaval com seu ênredo “Mascarada Veneziana, que empolgou realmente o povo juizforana, mostrando novidades em matérias de samba. A Escola da Avenida Sete de Setembro, logrou 77 pontos num concurso onde a nota máxima seria 80. Em segundo lugar, Turunas do Riachuelo que se apresentou com “Exaltação a Belmiro Braga, obtendo 62 pontos e em terceiro lugar a Escola de Samba Castelo de Ouro. com 50 pontos. A comissão julgadora esteve composta das seguintes pessoas: tenente-coronel José Joaquim Pinho, que julgou enredo; maestro Mário Vieira, que julgou a música; Romeu Gonçalves, que julgou a letra; Rafael Sansão, alegorias; Joaquim Vicente Guedes, bateria; Professora Alaíde Margarida, côro; major José Felix, formação e coreografia e, Jorge Schuery, indumentária.”

Enredos

Castelo de Ouro: “Era Especial”
Feliz Lembrança: “Mascara Veneziana”
Turunas do Riachuelo: “Belmiro Braga”

Sambas de Enredo

Download das letras

Resultado

1º Feliz Lembrança
2º Turunas do Riachuelo
3º Castelo de Ouro

Fotos

Fonte: Jornal Gazeta do Comercio, Revista O Lince

Desfiles

2010 - 2011 - 2012 - 2013 - 2014 - 2015 - 2016 - 2017

2000 - 2001 - 2002 - 2003 - 2004 - 2005 - 2006 - 2007 - 2008 - 2009

1990 - 1991 - 1992 - 1993 - 1994 - 1995 - 1996 - 1997 - 1998 - 1999

1980 - 1981 - 1982 - 1983 - 1984 - 1985 - 1986 - 1987 - 1988 - 1989

1970 - 1971 - 1972 - 1973 - 1974 - 1975 - 1976 - 1977 - 1978 - 1979

1966 - 1967 - 1968 - 1969