O samba é e sempre foi uma expressão viva em Minas Gerias, principalmente na Zona da Mata. As cidades da região receberam e recebem forte influência cultural do Rio de Janeiro, em especial da música. Tanto que, em 1934, surgia em Juiz de Fora a quarta escola de samba do país em atividade e a primeira de Minas, os Turunas do Riachuelo, enfrentando o desafio de romper tabus. Entre os fundadores, podem ser destacados os nomes da família Toschi (Alfredo, Américo, Remo, Armando “Ministrinho”, José “Pepino”, Bruno e Pedro), tradicionalmente ligados ao samba.

Muitos compositores mineiros da Zona da Mata fizeram carreira e sucesso no Rio de Janeiro, como Geraldo Pereira e Synval Silva, de Juiz de Fora. Outros compositores, que optaram por viver em Juiz de Fora, contribuíram para o samba criar raízes na cidade e para sua afirmação, como Alfredo Toschi, João Cardoso, Ernani Ciuffo e Armando Aguiar, o Mamão.

E é justamente com o objetivo de revelar a importância da obra musical de Alfredo Toschi e de seus parceiros (Camarão e Henrique Nascimento), que a cantora de juiz-forana Érika Oliveira mergulhou nos sambas de um dos pilares desta vertente cultural na cidade e resgatou das prateleiras empoeiradas da memória 17 músicas do compositor, sendo 16 sambas e uma valsa (“Feliz de quem tem ilusão”), gravados em 14 faixas

Faixas do CD

1- Carnaval
2- Já fiz de tudo / Vingança
3- Sonho de malandro
4- Presença do passado
5- Você tem inveja de mim
6- A vida tem três andares
7- Feliz de quem tem uma ilusão (valsa)
8- Para o que der e vier
9- Onde estás, felicidade?
10- Brigas de grupo
11- Quem vive o drama sou eu
12- Coração de pedra / Esse é meu crime
13- Da vida nada se leva / Adeus escola
14- Sorri

Encarte

Faça Download