MinistrinhoJardimGloria Em 04 de maio de 1914, nascia Armando Toschi, o Ministrinho. Vinte anos depois, em 1934, ele fundava, ao lado de seus irmãos e amigos, a escola de samba Turunas do Riachuelo, a primeira de Minas Gerais e uma das mais antigas do Brasil em atividade. Compositor, cantor, instrumentista, chefe de conjunto, foi, durante toda sua vida, um defensor incansável da música juiz-forana. No início da década de 1980, empunhando seu violão, passou a comandar uma roda de samba semanal na praça do bairro Jardim Glória, que durou até seu falecimento em 22 de dezembro de 1996. Nesse período, seus aniversários eram sempre comemorados na praça, com muito samba e a presença de seus incontáveis amigos. Sua ligação com a praça tornou-se tão grande que, após o falecimento do sambista, o local passou a se chamar Praça Armando Toschi Ministrinho.

No próximo domingo, dia 04 de maio, será o centenário desse baluarte do samba. Nada mais oportuno que evoquemos sua figura e façamos uma animada roda de samba naquela praça, com a participação de todos que com ele conviveram, e também daqueles que, mesmo não o tendo conhecido pessoalmente, o tenham como exemplo de amor à música de Juiz de Fora.

Serão quatro rodas de samba, nos dias 04, 11, 18 e 25 de maio, com início ao meio-dia. Haverá um conjunto base, formado por Roger Resende (violão e voz), Cézar Ferreira (violão sete cordas), Toinho Gomes (cavaquinho) e Márcio Gomes (pandeiro), mas a roda é aberta a todos aqueles que queiram participar, interpretando músicas de autores locais. Estão todos convidados para essa homenagem ao grande músico juiz-forano Armando Toschi, o Ministrinho.